livecasinowithbonus -Na manhã desta quinta-feira (25), o deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) publicou em suas

Contra PL das Faklivecasinowithbonus -e News, Dallagnol publica fake ne

Na manhã desta quinta-feira (25),livecasinowithbonus - o deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) publicou em suas redes sociais que a aprovação do Projeto de Lei 2630, conhecido como PL das Fake News, irá provocar o banimento de versículos bíblicos das redes sociais.

“Até a fé será censurada se nós não impedirmos a aprovação do ‘PL da Censura’”, afirmou Dallagnol, que citou seis versículos que, segundo o parlamentar, não poderão mais ser reproduzidos nas redes sociais (ver imagem).

Andréa Laís, assessora de pesquisa da Casa Galileia, grupo que monitora redes sociais evangélicas, lamentou a publicação de Dallagnol. “A narrativa da censura associada ao pavor de uma eminente perseguição religiosa foi sempre acionada como &39;carta trunfo&39; pela direita religiosa como tentativa de barrar avanços na pauta dos direitos humanos ou em qualquer outro debate político em que se sintam &39;ameaçados&39; de perder espaço.”

Ainda de acordo com Laís, a fake news é uma “aliada” da direita religiosa, que associa “informações enganosas ao constante senso de urgência que parte dos crentes vivem sob um regime de pavor do fim dos tempos.”

:: Regulação das redes: o que você precisa saber sobre o PL que entra na pauta da Câmara neste mês ::

Relator do projeto, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) reagiu imediatamente em suas redes sociais. “É por esse tipo de indignidade que as redes sociais estão cheias de discurso de ódio e desinformação. Quem lucra com essa campanha mentirosa, que explora a fé alheia para politicagem barata, deputado? Só reforça a URGÊNCIA da regulamentação”, pediu o parlamentar.

“Parlamentares representantes da extrema direita evangélica conhecem bem o texto da PL 2630 e tem conhecimento de que não se trata de censurar nenhuma expressão de fé religiosa. Mas pregam esse pavor porque não querem ser submetidos a regulações mínimas. Portanto, se utilizam de mais uma fake news para impedir a aprovação da ‘PL das Fake News’ porque sabem que perderão uma importante ferramenta aliada”, finalizou Laís.

Edição: Glauco Faria


BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap